Homem que agrediu cinegrafista na porta da casa de Jefferson é indiciado por lesão corporal

Acompanhe Ao vivo Baixe o Aplicativo click na Imagem

Acompanhe Ao vivo Baixe o Aplicativo click na Imagem

O homem que agrediu um cinegrafista momentos antes da prisão do ex-deputado federal Roberto Jefferson (PTB-RJ) em Levy Gasparian, interior do Rio de Janeiro, no último final de semana, foi identificado como Diogo Lincoln Resende, de 41 anos, e indiciado pela polícia fluminense pelo crime de lesão corporal. Antes da prisão de Jefferson, houve uma aglomeração de apoiadores do ex-presidente do PTB próximo à casa dele e, em determinado momento, Resende foi em direção a uma equipe de reportagem da TV Globo e deu um empurrão e um soco contra o cinegrafista Rogério de Paulo, de 59 anos. A vítima caiu no chão e teve uma convulsão. Ele precisou ser socorrido e foi levado para um hospital da região. Recentemente, o cinegrafista havia passado por uma delicada cirurgia. Ele já recebeu alta da unidade de saúde e está colaborando com as investigações. Mesmo identificado no momento da agressão, Resende não foi preso em flagrante, mas, utilizando imagens de câmeras de segurança, a Polícia Civil do Rio de Janeiro conseguiu dar prosseguimento ao caso.

Acompanhe Nossa Pagina no Facebook

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*