Preço médio da gasolina volta a subir em várias parte do país pela 2ª semana seguida

Acompanhe Ao vivo Baixe o Aplicativo click na Imagem

Acompanhe Ao vivo Baixe o Aplicativo click na Imagem

Depois de 16 semanas consecutivas de queda, o preço médio da gasolina voltou a subir mais uma vez em vários Estados brasileiros. Em algumas capitais, o aumento é acima de 2%, mesmo sem nenhum reajuste da Petrobras. A gasolina comum, que chegou a recuar 35% nas bombas, agora dá sinais de nova elevação. De acordo com a Agência Nacional do Petróleo (ANP), o aumento do preço da gasolina chegou em 19 Estados. As maiores altas foram confirmadas em Rondônia (5,61%), Bahia (5,56%), Alagoas (5,21%) e Piauí (3,88%). Entre as capitais, Salvador foi a que registrou o combustível mais caro do país, onde o preço do litro chega a R$ 5,59, com um preço médio nas bombas de R$ 5,56, segundo o levantamento da ANP. A agência também alertou que foram registrados postos com o preço acima dos R$ 6. Depois de várias denúncias, empresa Acelen, que administra a Refinaria de Mataripe, na Bahia, reduziu em 4,2% o preço da gasolina e em 6,1% o óleo diesel. O etanol também voltou a subir na média nacional devido ao reajuste do álcool anidro e do final da safra de cana-de-açúcar. Além do álcool, o óleo diesel também tem tendência de alta. O diesel S10 ficou 1,5% mais caro e subiu de R$ 6,65 para R$ 6,72, na semana passada. Isso se deve à pressão internacional, já que o preço do barril de petróleo subiu e a Petrobras tem segurado os preços.

Acompanhe Nossa Pagina no Facebook

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*