Secretários pedem demissão do governo de SP após apoio de Rodrigo a Bolsonaro

Acompanhe Ao vivo Baixe o Aplicativo click na Imagem

Acompanhe Ao vivo Baixe o Aplicativo click na Imagem

Um dia após o governador de São Paulo, Rodrigo Garcia (PSDB), anunciar apoio ao presidente Jair Bolsonaro (PL) na corrida de 2º turno pela Presidência da República contra Luiz Inácio Lula da Silva (PT), três secretários do primeiro escalão do governo decidiram entregar seus cargos.

O ex-presidente da Câmara dos Deputados e até então secretário de Projetos e Ações Estratégicas, Rodrigo Maia (PSDB), foi o primeiro a anunciar a saída. Logo depois, o governo de São Paulo informou que Zeina Latif e Laura Muller Machado também deixariam, respectivamente, as pastas de Desenvolvimento Econômico e de Desenvolvimento Social.

Anúncios

A informação foi antecipada pela CNN nessa terça-feira (4). “Informo que na data de hoje deixo a Secretaria de Projetos e Ações Estratégicas do governo de São Paulo. Agradeço aos governadores João Doria e Rodrigo Garcia pela oportunidade”, publicou Maia no Twitter.

Anúncios

Enquanto presidente da Câmara, Maia se posicionou como oposição ao governo Bolsonaro e teceu diversas críticas ao presidente.

Acompanhe Nossa Pagina no Facebook

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*