Ditador da Nicarágua apoia Lula após o 1º turno das eleições no Brasil: ‘Estamos com vocês’

Acompanhe Ao vivo Baixe o Aplicativo click na Imagem

Acompanhe Ao vivo Baixe o Aplicativo click na Imagem

Conhecido pelo radicalismo, por usar a força do Estado para perseguir opositores e fechar igrejas, o ditador da Nicarágua Daniel Ortega publicou uma carta em apoio ao ex-presidente Lula após o resultado do primeiro turno das eleições brasileiras.

Na mensagem, que usa pronomes neutros de linguagem, Ortega e sua mulher, Rusario Muillo, que também ostenta o cargo de vice-presidente, reforçam que ‘estão juntos’ com o petista.

Anúncios

“Este primeiro momento de triunfo para as famílias e o povo do Brasil, que se levantam com esperança e as vozes de gigantes, anima e alenta a tod@s nós. Parabenizando você e o Brasil, nos congratulamos sabendo que o mundo pertence a quem luta e que estamos realizando as transformações necessárias, com coragem diária. Estamos com vocês…”, segue o ditador.

Anúncios

Daniel Ortega voltou ao poder em 2007 após ter presidido o país pela primeira vez entre 1985 e 1990. No ano passado, ele conquistou seu quinto mandato e o quarto consecutivo. Ele era um conhecido guerrilheiro, preso repetidas vezes por crimes que incluem um assalto à mão armada a uma filial de um banco norte-americano em solo nicaraguense.

A Organização dos Estados Americanos (OEA) já declarou que a eleição de Ortega “não tem legitimidade democrática”.

Acompanhe Nossa Pagina no Facebook

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*