Na reta final da eleição, Marco Aurélio Mello reafirma voto em Bolsonaro

Acompanhe Ao vivo Baixe o Aplicativo click na Imagem

Acompanhe Ao vivo Baixe o Aplicativo click na Imagem
Brasília - O ministro do STF, Marco Aurélio Mello durante reunião para julgar o inquérito em que o senador Aécio Neves é acusado de corrupção passiva e obstrução de Justiça

Nesta quinta-feira, 27, o ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Marco Aurélio Mello, afirmou que votará em Jair Bolsonaro (PL) no 2º turno das eleições. O anúncio foi feito em um artigo nomeado “Por que Bolsonaro?”, enviado a veículos de imprensa. Mello relembrou episódios de corrupção dos governos petistas e disse que, como ex-juiz, não pode subscrever o nome de quem durante oito anos foi presidente da República e teve o perfil político manchado pelos casos do Mensalão e Lava Jato. O magistrado aposentado disse que votou em Ciro Gomes (PDT) no 1º turno e destacou o bom resultado nas urnas de ex-ministros que trabalharam no atual governo e conseguiram se eleger para o Congresso Nacional e disputam governos estaduais.

Acompanhe Nossa Pagina no Facebook

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*