André Mendonça arquiva pedidos de investigação contra Bolsonaro

Acompanhe Ao vivo Baixe o Aplicativo click na Imagem

Acompanhe Ao vivo Baixe o Aplicativo click na Imagem
O Advogado- Geral da Uniao (AGU), Andre Luiz de Almeida Mendonca, durante a coletiva de imprensa no Palacio do Planalto, sobre as acoes de enfrentamento no combate ao coronavirus (O Advogado- Geral da Uniao (AGU), Andre Luiz de Almeida Mendon

O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) André Mendonça arquivou os cinco requerimentos protocolados na Corte para apurar se houve crimes em relação à fala do presidente Jair Bolsonaro (PL) sobre meninas venezuelanas.

Durante a corrida eleitoral deste segundo turno, o candidato à reeleição disse durante uma entrevista que visitou a comunidade de São Sebastião, no Distrito Federal, e se encontrou com adolescentes da Venezuela. Na ocasião, o presidente disse que “pintou um clima” e que ele entrou na casa em que elas estavam.

Anúncios

Em razão da declaração, parlamentares e entidades de juristas entraram com diversas ações que pedem a investigação por crimes como prevaricação, xenofobia e fake news, além de risco de contaminação, já que a visita narrada pelo presidente teria ocorrido durante a pandemia. 

Anúncios

Na decisão, Mendonça afirmou que não viu elementos de crimes na fala de Bolsonaro e que não cabe ao STF analisar os referidos pedidos. “O Supremo Tribunal Federal não tem competência constitucional para exarar juízo de valor em ‘comunicações de crimes’, as quais possuem, em verdade, natureza extrajudicial”, justificou o ministro. 

Acompanhe Nossa Pagina no Facebook

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*