Polícia Federal faz operação contra “laranjas” que emprestam contas bancárias para criminosos

Acompanhe Ao vivo Baixe o Aplicativo click na Imagem

Acompanhe Ao vivo Baixe o Aplicativo click na Imagem

A operação com o objetivo de conter a ação de “laranjas”, foi deflagrada nesta terça-feira, 02, pela Polícia Federal. Os “laranjas” estavam cedendo contas bancárias para que o dinheiro oriundo de ações criminosas fosse recebido. 43 mandados de busca e apreensão, no Distrito Federal e em mais 13 estados, começaram a ser cumpridos por agentes.

R$ 18,2 milhões de reais é o total da quantia de fraudes bancárias eletrônicas que estão sendo investigadas. De acordo com a Polícia Federal, a operação recebeu o nome de: “Não Seja um Laranja”.

Polícias civis do Distrito Federal, Pará e São Paulo estão ajudando na ação.

Os mandados estão sendo cumpridos nos seguintes estados:

Bahia; Distrito Federal; Goiás; Maranhão; Minas Gerais; Mato Grosso; Pará; Paraíba; Piauí; Rio de Janeiro; Rio Grande do Norte; Rio Grande do Sul; Santa Catarina; e São Paulo

Os suspeitos podem responder pelos seguintes crimes: associação criminosa; furto qualificado mediante fraude; uso de documento falso; e falsidade ideológica. As penas podem ultrapassar os 20 anos de prisão.

A participação de pessoas físicas em esquemas esquemas criminosos aumentou significativamente nos últimos anos, de acordo com a Polícia Federal, onde, essas pessoas recebem parte do dinheiro ilegal por “emprestarem” suas contas bancárias.

Acompanhe Nossa Pagina no Facebook

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*