Zona Sul tem maior preço de combustível, aponta pesquisa do Procon Natal

Acompanhe Ao vivo Baixe o Aplicativo click na Imagem

Acompanhe Ao vivo Baixe o Aplicativo click na Imagem

A nova pesquisa de preços de combustível realizada esta semana pelo Instituto Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor – Procon Natal apontou reajuste no preço da gasolina comum e aditivada em 84 postos de combustível nas quatro regiões da cidade. Atualmente o preço médio da gasolina comum está em R $5,46, uma alta de 9,57%. A variação foi de R $0,48 centavos de real com relação ao mês passado, quando o preço médio da gasolina era de R $4,99. A pesquisa também identificou reajuste, ainda que bem menor, no diesel comum e no diesel S-10 na capital, de R$ 6,91 para R $7,01. Já os preços do etanol e gás veicular tiveram uma leve redução. O etanol reduziu R $0,01 centavos de real e o gás foi de R $0,11 centavos de real. 

Como o mapeamento foi feito em todas as regiões de Natal, o Procon identificou, após o reajuste encontrado pela pesquisa, o melhor preço médio para a gasolina na zona Oeste com R $5,43, seguido pela região Leste com R $5,45 em média. A região com o maior preço médio foi a Sul com R $5,49, seguido pela Norte com R $5,46. Já o melhor preço do etanol, o consumidor vai encontrar na região Oeste, de R $4,26 em média. Em setembro essa região também estava com o melhor preço de R $4,21 em média, e a região mais cara com esse combustível foi a Sul com R $4,45, no mês passado a Norte foi a mais cara com R $4,53 em média.

Anúncios

A pesquisa observou também que somente a metade dos postos pesquisados tiveram redução e alguns postos chegaram a reduzir mais de R$ 0,50 centavos de reais entre um mês e outro, é o caso do posto Natal II, localizado na Alexandrino de Alencar na zona Leste, onde o preço atual é de R$ 4,49 e no mês passado o preço praticado por esse posto era de R$ 4,99. “Esse comportamento de redução foi verificado em todas as regiões pesquisadas e a Norte foi a com maior percentual de postos com redução de mês para o outro chegando a 61%”, analisou o Procon.

Anúncios

Com relação ao gás veicular, a pesquisa vem acompanhando nos últimos meses e identificou o preço variando entre R $4,28 e R $4,39. Em setembro a média foi de R$ 4,35, e no mês de outubro o preço médio encontrado na pesquisa foi de R$ 4,24. A região norte foi a mais cara com R$ 4,39, nessa região todos os postos pesquisados não reduziram seus preços, na região leste foram encontrados os melhores preços e em média esse computável foi encontrado de R$ 4,19, nas regiões sul oeste foi encontrado pelo menos um posto praticando ainda os mesmos preços de setembro. “Mais um motivo para o consumidor procurar pesquisar antes de abastecer seu veículo”, dizem os analistas do órgão. O melhor preço desse combustível encontrado pela pesquisa foi o posto Jaguarari, localizado na av. Jaguarari, 1974 – Lagoa Seca ao preço de R$ 4,12.

O Núcleo de pesquisa acompanha os preços mês a mês em todos os combustíveis pesquisados, e divulga as planilhas contendo todos os dados de preço, média, e variação, bem como os estabelecimentos pesquisados, para todos os combustíveis, dentre outras informações, podem ser obtidas através do endereço eletrônico http://www.natal.rn.gov.br/procon/pesquisa.

Acompanhe Nossa Pagina no Facebook

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*