Flordelis usava celular para conversar com namorado

EU TO GANHANDO COM O KWAY VEM VOCÊ TAMBÉM, VEJA COMO GANHAR DINHEIRO, COM MINHAS DICAS

Agentes da Secretaria Estadual de Administração Penitenciária do Rio de Janeiro (Seap) encontraram um celular na cela do presídio onde a ex-deputada e pastora Flordelis está presa. Ela é acusada de ser a mandante do assassinato do marido, o pastor Anderson do Carmo, e aguarda julgamento no presídio Talavera Bruce, em Bangu (RJ).

A ex-deputada utilizava o aparelho para conversar com o namorado, o produtor artístico Allan Soares. Eles estão juntos desde agosto do ano passado, pouco antes de Flordelis ser presa.

Anúncios

Após o caso, Flordelis foi levada para uma cela isolada, porém, saiu por recomendação médica.

O julgamento da pastora está marcado para o próximo 7 de novembro. Ela responde por homicídio triplamente qualificado, motivo torpe e emprego de meio cruel e de recurso que impossibilitou a defesa da vítima, tentativa de homicídio, uso de documento falso e associação criminosa armada.

O pastor Anderson Carmo foi executado a tiros na porta de casa em junho de 2019. Além dela, serão julgados três filhos e uma neta, acusados de participarem do crime.

Em nota, a defesa de Flordelis afirmou que o telefone foi usado apenas uma vez. Segundo os advogados, o caso passou a ser usado como “objeto de chantagens e ameaças, onde a vida e a incolumidade física da pastora e das filhas foram pautadas” dentro do presídio.

“A despeito disso, a defesa procurou a diretora da unidade e, em função de sua ausência no dia, falou com a subdiretora, que nos comunicou que a Corregedoria da SEAP já teria sido acionada e que o problema seria sanado. Cobramos a abertura formal do PAD (Processo Administrativo Disciplinar) que até aquele dia se encontrava irregular, não constando no sistema como era o correto, o que dias depois aconteceu sendo esta defesa notificada a acompanhar”, continua a nota.

“Ao contrário do que está exposto no dia de hoje e servindo como base para a acusação pedir duras medidas contra ela, a pastora Flordelis é vítima dessa trama e provará através dos canais competentes que mais uma vez é criminalizada e exposta por coisas que efetivamente não fez.” As informações são do Metrópoles

ao vivo click aqui

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*