Bolsonaro diz que chegada de água do São Francisco vai mudar realidade do Nordeste

Acompanhe Ao vivo Baixe o Aplicativo click na Imagem

Acompanhe Ao vivo Baixe o Aplicativo click na Imagem
bolsonaro-diz-que-chegada-de-agua-do-sao-francisco-vai-mudar-realidade-do-nordeste

O presidente Jair Bolsonaro entregou mais uma etapa da transposição do Rio São Francisco em Jati, no Ceará, e em Salgueiro, no Pernambuco. A inauguração aconteceu em meio a reclamações do vice-prefeito de Salgueiro, Edilton Alves Carvalho, de que a população passa até 18 dias sem acesso à água potável. Em resposta, Bolsonaro afirmou que a chegada das águas deve mudar a realidade da região. “Fizemos a conta sobre essa estação elevatória, que termina água chegando no Rio Grande do Norte. Um dia de funcionamento de vocês equivale a 30 dias de carro pipa pelo Nordeste”, afirmou. O ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, por sua vez, lembrou que o presidente defende, desde o início do governo, a necessidade de retomar projetos já iniciados. De acordo com ele, se nada tivesse sido feito, o Brasil seria atualmente um cemitério de obras paradas. O ministro também aproveitou para rebater críticas de que Bolsonaro estaria utilizando a transposição do Rio São Francisco de forma eleitoreira. “Não estamos preocupados em alardear através da mídia, através do discurso mentiroso que fizemos o que não aconteceu. O nordestino está sentindo na pele a ação determinada, resolutiva e honesta desse governo”, sinalizou. As obras começaram ainda no governo de Luiz Inácio Lula da Silva. As populações locais alertam, no entanto, que mudanças locais serão feitas para garantir que a água, efetivamente, chegue nas residências. A previsão inicial era gastar R$ 4 bilhões com a transposição, mas os gastos já somam R$ 14 bilhões de gastos, em 13 anos.

*Com informações da repórter Luciana Verdolin

Anúncios

 

Acompanhe Nossa Pagina no Facebook

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*