Em Goiás, mãe é suspeita de matar as filhas de 6 e 10 anos para se vingar do marido

Acompanhe Ao vivo Baixe o Aplicativo click na Imagem

Acompanhe Ao vivo Baixe o Aplicativo click na Imagem

Uma mulher, identificada como Isadora Alves, de 30 anos, é a principal suspeita de ter matado as duas filhas, Maria Alice, de 6, e Lavínia, de 10. O duplo homicídio ocorreu na casa da família, na cidade de Edéia, em Goiás. As informações são da Record TV.

De acordo com as investigações, o principal motivo do crime seria uma vingança contra o marido, que havia pedido o divórcio. Foi ele quem encontrou os corpos das filhas na garagem de casa.

Anúncios

As meninas tinham ferimentos causados por faca, mas a polícia não descarta a possibilidade de que elas tenham sido envenenadas e torturadas antes. Isso porque, perto dos corpos das crianças, os agentes encontraram veneno de rato e um reservatório de água com um fio de energia dentro dele. 

Anúncios

A mulher tentou fugir após o crime, mas foi identificada sete horas depois, após as buscas da polícia. Ela estava escondida em uma mata e coberta por folhas.

Aos agentes, Isadora falou que teria tomado veneno para tirar a própria vida. Ela precisou ser encaminhada ao hospital e está internada sob escolta.

Ainda de acordo com a investigação, há três semanas ela tentou comprar uma arma, mas não passou pelo teste psicológico. Isso leva a polícia a acreditar que Isadora teria premeditado o crime.

Os vizinhos da família dizem que não esperavam que isso pudesse acontecer. Eles contam que a mulher era muito amorosa com as filhas e sempre aparecia sorrindo em fotos com elas.

Acompanhe Nossa Pagina no Facebook

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*