Saiba quem é o brasileiro que tentou matar a vice-presidente argentina

Acompanhe Ao vivo Baixe o Aplicativo click na Imagem

Acompanhe Ao vivo Baixe o Aplicativo click na Imagem

O homem que tentou atirar na vice-presidente da Argentina, Cristina Kirchner, na noite desta quinta-feira (1º/9), foi identificado como sendo brasileiro. Fernando Andrés Sabag Montiel tem 35 anos e, de acordo com Aníbal Fernández, ministro de Segurança argentino, possui registro para trabalhar como motorista de aplicativo.

O atirador já tem antecedentes criminais e seria filho de imigrantes. Acabou detido em março de 2021 por portar uma. Na ocasião, Fernando foi abordado por policiais após ser flagrado em um carro sem placa.

Enquanto conversava com os agentes de segurança, uma faca de 35 centímetros caiu. O brasileiro afirmou que andava com a arma, que foi apreendida, para defesa pessoal.

Cristina Kirchner voltava para casa, no bairro de Recoleta, na capital Buenos Aires. Ela estava cercada por seguranças e cumprimentava os apoiadores que se concentravam no local.

Anúncios

O suspeito se aproximou da vice-presidente e chegou a colocar a arma bem perto do rosto dela. Quando tentou atirar, porém, a arma parece ter falhado. Cristina, então, se protegeu com as mãos em frente ao corpo e o atirador foi levado por militantes e seguranças.

Fernando está preso e foi ouvido. Ainda não se sabe a motivação do ato.

Anúncios

Acompanhe Nossa Pagina no Facebook

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*