Imprensa internacional repercute trocas de acusações entre Lula e Bolsonaro

Acompanhe Ao vivo Baixe o Aplicativo click na Imagem

Acompanhe Ao vivo Baixe o Aplicativo click na Imagem

As trocas de acusações entre o presidente Jair Bolsonaro (PL) e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) durante o debate presidencial organizado pela TV Bandeirantes em parceria com UOL, Folha de S.Paulo e TV Cultura repercutiram na imprensa internacional nesta segunda-feira (29).

Candidato à reeleição, Bolsonaro disse, no primeiro bloco do debate presidencial, que o governo de Lula foi o “mais corrupto da história do Brasil”. A declaração foi feita no na abertura da primeira rodada de perguntas entre os candidatos.

Anúncios

“Segundo o [ex-ministro Antônio] Palocci, tudo no seu governo foi aparelhado, exceto o Banco Central. Então, se todo mundo fazia mal feito: roubava, desviava, só o ex-presidente não sabia?”, questionou Bolsonaro. “O seu governo foi marcado pela cleptocracia, ou seja, um governo à base de roubo, e essa roubalheira era pra conseguir apoio dentro do Parlamento. O seu governo foi o governo mais corrupto da história do Brasil”, acrescentou.

Anúncios

Lula, em resposta, afirmou que seu governo foi marcado pela “maior política de inclusão social” e citou investimentos em educação e programas sociais.

“O presidente deveria estar informado que foi no nosso o governo que a Petrobras ganhou o tamanho que ganhou, com a capitalização de R$ 70 bilhões para crescer. O presidente precisava saber que o meu governo foi marcado pela maior política de inclusão social, pela maior geração de emprego, pelo maior aumento de salário mínimo, pelo maior investimento na agricultura familiar, pelo maior investimento na Lei Geral da Pequena Empresa”, disse o ex-presidente.

Acompanhe Nossa Pagina no Facebook

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*