Senador é acusado de estuprar a própria filha adolescente no Dia dos Pais

Acompanhe Ao vivo Baixe o Aplicativo click na Imagem

Acompanhe Ao vivo Baixe o Aplicativo click na Imagem

Uma filha do senador Telmário Mota (PROS-RR) afirma que ele a assediou, tocou em suas partes íntimas e tentou arrancar a sua roupa no último domingo (14), Dia dos Pais. A adolescente registrou um boletim de ocorrência contra o pai e a Polícia Civil investiga. O parlamentar nega e afirma ser vítima de perseguição política.

A filha do senador, de 17 anos, contou que, desde então, sente medo e uma “dor que não se acaba”. 

Ela contou que o pai a forçou entrar em seu carro e a tomar bebidas alcoólicas. Também disse que o senador tomou seu celular durante os assédios para que ela não pedisse ajuda para ninguém.

Anúncios

“Por ele ser meu pai, por eu ter saído várias vezes com ele eu nunca imaginei [que isso aconteceria]. Desde pequena a gente mantinha contato, ele era distante, mas eu era a filha mais próxima dele. Ele nunca tinha dado sinal de um comportamento assim comigo, nunca. Nem para mim, nem para as outras filhas dele. Abalou todo o meu mundo”, disse.

Além de negar o assédio, Telmário Mota disse que a filha passa “por um grave distúrbio psicológico”. O senador é casado com uma médica, com quem não tem filhos. A adolescente que fez a denúncia é filha de um de relacionamento dele com outra mulher.

Anúncios

O caso foi registrado na Polícia Civil como estupro de vulnerável ainda na noite de domingo. Após a queixa, a mãe da menina afirma que a juíza Graciete Sotto Mayor Ribeiro, da Vara de Crimes Contra Vulneráveis, concedeu uma medida protetiva em favor da filha.

Segundo a mãe, a medida proíbe Telmário Mota de se aproximar da adolescente e da família dela, devendo manter distância de 500 metros. A assessoria do Tribunal de Justiça de Roraima informou que não pode dar informações sobre o processo por estar em segredo de justiça.

Acompanhe Nossa Pagina no Facebook

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*