Espécie de caranguejo bizarro e ‘peludo’ é descoberta por pesquisadores

Acompanhe Ao vivo Baixe o Aplicativo click na Imagem

Acompanhe Ao vivo Baixe o Aplicativo click na Imagem

Cientistas descobriram recentemente uma nova espécie de caranguejo que é capaz de criar algo que se parece com um casaco de pelos, provavelmente para se camuflar de predadores. O animal habita águas rasas da região ocidental da Austrália e usa esponjas vivas para montar essa camada estranha

q

Anúncios

Andrew Hosie, que recebeu um exemplar da espécie de um banhista, explicou que apenas a aparência do animal é assustadora. Na verdade, o pesquisador — curador das coleções de crustáceos e vermes do Western Australian Museum — disse que o animal é muito “fofo”

Anúncios

A capa peluda é formada por esponjas-do-mar, devidamente aparadas pelas garras afiadas do animal. Com a técnica, ele evita ser devorado por polvos, outros caranguejos ou peixes. Além disso, algumas das esponjas usadas como camuflagem produzem toxinas nocivas para predadores do caranguejo, o que reforça a proteção

A família de caranguejos-esponja (Dromiidae) já era conhecida de cientistas. O que foi descoberto (e publicado no periódico Zootaxa, que divulgou os detalhes da descoberta) são algumas novas espécies descritas de forma errônea em décadas passadas

A espécie catalogada (que pode ser vista acima sem a proteção das esponjas) foi chamada Lamarckdromia beagle

Acompanhe Nossa Pagina no Facebook

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*