Sobe para 18 o número de mortos durante operação policial no Complexo do Alemão

Acompanhe Ao vivo Baixe o Aplicativo click na Imagem

Acompanhe Ao vivo Baixe o Aplicativo click na Imagem

Subiu para 18 o número de mortes na operação policial realizada no Complexo do Alemão, zona norte do Rio, nesta quinta-feira (21). Morreram uma mulher, um PM (policial militar) e 16 suspeitos, de acordo com informações da polícia.

Uma das vítimas foi identificada como Letícia Marinho Salles, de 50 anos. Moradora do Recreio, na zona oeste do Rio, ela foi baleada dentro do carro, que foi alvejado pela polícia, segundo familiares. O caso é investigado pela Polícia Civil.

Houve também a apreensão de uma metralhadora .50, armamento capaz de derrubar um helicóptero.

Anúncios

A ação contou com a participação do Bope (Batalhão de Operações Policiais Especiais), da Core (Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais) e da PRF (Polícia Rodoviária Federal) e mobilizou 400 policiais, 4 aeronaves e 10 veículos blindados.

Anúncios

Suspeitos presos

Até o momento, cinco suspeitos foram presos na ação — um deles estava foragido. Conhecido como “matador de policiais” no Pará, o homem, ferido nas pernas, foi preso na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Alemão.  

Devido aos confrontos, a Secretaria Municipal de Transportes alterou o itinerário de 13 linhas de ônibus que passam perto da comunidade alvo da operação policial.

Uma operação policial conjunta, com cerca de 400 agentes, terminou com pelo menos 18 mortos nesta quinta-feira (21) no Morro do Alemão, no Rio de Janeiro. 

Acompanhe Nossa Pagina no Facebook

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*