Número de praias contaminadas no RN é o maior já registrado

Acompanhe Ao vivo Baixe o Aplicativo click na Imagem

Acompanhe Ao vivo Baixe o Aplicativo click na Imagem

O último Boletim da Balneabilidade das praias do Rio Grande do Norte aponta que 15 dos 33 trechos analisados estão impróprios para banho. Este é o maior quantitativo de praias classificadas como impróprias desde o início do monitoramento há mais de 20 anos.

Os dados foram divulgados pelo Programa Água Azul na última sexta-feira (8). Um novo boletim deve ser publicado na noite desta sexta-feira (15), com a atualização dos pontos.

Apesar das chuvas e alagamentos que foram registrados desde o início do mês de julho serem os principais fatores para o aumento de pontos impróprios, o coordenador do Programa, Ronaldo Diniz, diz que outros elementos também contribuíram para o quadro.

Estão impróprias para banho:

Ponta Negra (acesso principal)

Ponta Negra (Morro do Careca)

Pirangi do Norte

Via Costeira (Cacimba do Boi)

Praia de Miami

Mãe Luíza

Areia Preta

Praia do Meio

Praia do Forte

Redinha (Rio Potengi)

Redinha (Região da Igreja)

Barra do Rio

Foz do Rio Pirangi (Nísia Floresta)

Rio Pium (Ponte Nova)

Rio Pium (Balneário Pium)

O estudo é realizado em parceria com o Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (Idema) e Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN) analisa a quantidade de coliformes termotolerantes encontrados nas águas.

Acompanhe no Facebook: Click na IMAGEM

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*