4 dicas infalíveis para tirar manchas do sofá da sua casa

LBV CAMAPNHA

LBV CAMAPNHA

Quem nunca derramou uma bebida no sofá? Por mais cuidado que tenhamos, sempre podem acontecer situações chatas envolvendo visitas ou até mesmo crianças. Diante destes imprevistos, é comum bater um misto de desespero e incerteza, que podem levar a erros na hora da limpeza. E ao contrário do que se imagina, passar um pano com água nem sempre é a melhor escolha.

Isto porque cada tipo de tecido possui propriedades distintas, que requerem cuidados específicos. Pensando nisso, o especialista em limpeza de sofás William Volkmann, CEO e fundador da Mr. Sofá (serviço de limpeza de sofás e tapetes), elenca as principais diferenças e cuidados entre os tecidos mais comuns nas casas brasileiras e como limpar cada um! Confira:

1. Dica para limpar sofá de linho

O linho, encontrado em designs mais simples e cores claras, adiciona um toque de elegância ao ambiente. Entre os tipos populares de tecidos, é aquele que costuma sujar com mais facilidade. Por ser mais leve, deve-se evitar utilizar água, uma vez que a água demora a evaporar e pode manchar a superfície.

O recomendado é o uso de álcool, seja aquele de cozinha ou até mesmo álcool em gel (diluído com água), que evapora rapidamente. É importante ainda evitar panos com muito pigmento, pois eles costumam soltar coloração durante o atrito, manchando o tecido.

2. Aprenda a limpar sofá de suede

Ao contrário do anterior, o suede possui cores mais escuras e uma textura distinta, sendo a escolha ideal para sofás de uso constante, em espaços com crianças e animais. Devido a alta resistência, ele não necessita de muita atenção, e a sujeira não aparece facilmente.

Por ser um tecido mais texturizado, é importante tomar cuidado com produtos e alimentos que grudam, como massinhas ou chicletes. A limpeza pode ser feita com um papel toalha, álcool, um pouco de detergente e até mesmo aqueles produtos multiuso, usados na cozinha.

3. Limpe facilmente tecidos de camurça

A camurça se destaca pela textura diferenciada, e compartilha da durabilidade encontrada no suede. Por serem tecidos bem semelhantes, os métodos de limpeza são os mesmos: uso de produtos multiuso, álcool ou detergente diluído. Esse tecido apresenta deformidades, uma vez que sua origem é animal. Sendo assim, a manutenção costuma ser mais constante, exigindo limpezas recorrentes.

Couro natural pode manchar com mais facilidade, por isso, os sofás de couro sintético são os mais indicadosImagem: Ground Picture | Shutterstock

4. Evite uso de escovas na limpeza de sofás de couro

O couro é conhecido por sua qualidade incontestável, e é recomendo para ambientes costeiros ou úmidos, uma vez que o tecido é resistente à água. Não é necessário se preocupar tanto com líquidos entornados, já que eles dificilmente irão penetrar no material.

No entanto, deve-se evitar o uso de escovas, especialmente aquelas de cerdas grossas, que podem acabar arranhando a superfície e estragando o material. Cabe ressaltar ainda que o couro natural pode manchar com mais facilidade, sendo preferível optar pelo sintético.

Produtos que devem ser evitados ao limpar o sofá

Apesar de cada tipo de tecido possuir suas propriedades específicas, todos compartilham de alguns cuidados especiais. Deve-se sempre evitar o uso de materiais abrasivos, que podem corroer os tecidos. Evite lavar com água corrente, pois pode estragar a madeira que fica no interior do sofá, e tome cuidado com as receitas “milagrosas” da internet.

A maioria destas costuma usar misturas envolvendo sal (bicarbonato de sódio), que em grandes quantidades pode prejudicar o tecido, a madeira e enferrujar as molas no interior do sofá. Aquelas que usam vinagre também precisam ser evitadas, pois elas acabam mantendo o cheiro do vinagre, deixando o sofá com cheiro ruim.

Invista em técnicas profissionais

Caso tenha cometido algum erro na hora da limpeza, nem tudo está perdido. Em vez de tentar consertar por conta própria, é indicado chamar um especialista da área, o mais breve possível (quanto maior a demora, mais chance de a mancha impregnar no tecido). O profissional possui produtos e conhecimentos específicos que podem salvar o seu móvel.

Para prevenir manchas, William Volkmann recomenda sempre realizar a blindagem do tecido por meio de serviços de impermeabilização. A prática não elimina os cuidados que se devem ter na hora de comer ou beber algo nos sofás, mas com certeza ajuda a evitar problemas mais sérios.

EU TO GANHANDO COM O KWAY VEM VOCÊ TAMBÉM, VEJA COMO GANHAR DINHEIRO, COM MINHAS DICAS

ao vivo click aqui