Aneel manterá bandeira verde em novembro e contas de luz seguem sem cobrança adicional

Acompanhe Ao vivo Baixe o Aplicativo click na Imagem

Acompanhe Ao vivo Baixe o Aplicativo click na Imagem

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) manterá a bandeira verde acionada em novembro para consumidores interligados ao setor elétrico nacional. Por conta desta decisão, as contas de luz continuarão sem cobrança adicional e deve prosseguir até o fim do ano. A bandeira verde entrou em vigor no dia 16 de abril. O diretor-geral da agência, Sandoval Feitosa, explica que a medida segue conforme o previsto pela Aneel em junho. Na ocasião, houve uma revisão nos valores das taxas. “Na oportunidade, a Aneel destacou que, apesar da elevação dos adicionais, os modelos da indicavam elevada probabilidade de bandeira verde até o fim do ano. As projeções se confirmaram e hoje é possível afirmar, com grande segurança, que a bandeira seguirá verde até o fim do ano”, afirmou Feitosa em nota divulgada nesta sexta-feira, 28. De acordo com Feitosa, o patamar indica que os níveis dos reservatórios hidrelétricos do setor elétrico estão confortáveis. No final de outubro, o nível de armazenamento foi de 56%, quando se aproxima o fim do período seco. “A conjuntura favorável de oferta de eletricidade resulta em elevada contribuição da geração hidrelétrica para o atendimento à demanda, sem a necessidade de acionamento de recursos adicionais de origem termelétrico, mais caros e poluentes”, explicou. As bandeiras tarifárias foram criadas em 2015 com o intuito de indicar os custos da geração de energia no país aos consumidores e reduzir os impactos nos orçamentos das distribuidoras de energia. Anteriormente, o custo de energia era repassado às tarifas somente no reajuste anual de cada empresa, com aumento de juros. O modelo atual repassa cobra e repassa os recursos às distribuidoras mensalmente através da “conta Bandeiras”.

Acompanhe Nossa Pagina no Facebook

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*