Finalmente? Elon Musk revela que comprou o Twitter: “Fiz para ajudar a humanidade”

Acompanhe Ao vivo Baixe o Aplicativo click na Imagem

Acompanhe Ao vivo Baixe o Aplicativo click na Imagem

Elon Musk utilizou o Twitter, nesta quinta-feira (27), para revelar que comprou a rede social do passarinho azul. Em sua publicação, o bilionário explicou as motivações para realizar essa transação e ressaltou que não pensou em dinheiro quando adquiriu a plataforma.

“Eu queria entrar em contato pessoalmente para compartilhar minha motivação em adquirir o Twitter. Tem havido muita especulação sobre por que eu comprei o Twitter e o que eu penso sobre publicidade; a maioria [das especulações] está errada”, frisou o dono da Tesla e da Space X.

Anúncios

Musk destacou que não fez a aquisição pensando em dinheiro, mas, sim, na humanidade. “O motivo pelo qual eu adquiri o Twitter é porque eu acho importante para o futuro da civilização ter uma praça digital comum, em que uma ampla gama de crenças pode ser debatida de forma saudável, sem recorrer à violência”, contou.

Anúncios

“Foi por isso que eu comprei o Twitter. Não fiz porque seria fácil, não fiz para ganhar mais dinheiro. Fiz para tentar ajudar a humanidade, reconhecendo que o fracasso em perseguir esse objetivo, apesar de nossos melhores esforços, é uma possibilidade muito real”, explicitou o bilionário.

O empresário pontuou que o Twitter não será mais “terra de ninguém”. “Além de cumprir as leis do país, nossa plataforma deve ser calorosa e acolhedora para todos. Será possível escolher a experiência desejada de acordo com suas preferências, assim como escolher, por exemplo, ver filmes ou jogar videogames”, complementou.

Por fim, Elon Musk falou sobre como deve funcionar a publicidade da plataforma. “Anúncios de baixa relevância são spam, mas anúncios altamente relevantes são, na verdade, conteúdo. Fundamentalmente, Twitter aspira a ser a plataforma de publicidade mais respeitada do mundo”, escreveu. “Agradeço a todos que têm parceiros conosco. Juntos, vamos construir algo extraordinário”. As informações são do Metrópoles.

Acompanhe Nossa Pagina no Facebook

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*