Delator do Mensalão do DEM é esfaqueado em Brasília

Acompanhe Ao vivo Baixe o Aplicativo click na Imagem

Acompanhe Ao vivo Baixe o Aplicativo click na Imagem

O delator do Mensalão do DEM, Durval Barbosa Rodrigues, de 70 anos, foi esquafeado nesta segunda-feira (19), na Superquadra 114 Sul, em Brasília. A suspeita de ter cometido o crime é a esposa, Fernanda Barbosa, que até às 17h25 estava sendo ouvida na 1ª Delegacia de Polícia Civil (Asa Sul).

A notícia é do R7. A vítima foi transportada orientada e consciente ao Hospital de Base do DF. De acordo a Polícia Militar, Fernanda afirmou que os dois brigaram fisicamente e que ela teria o esfaqueado para se defender.

Durval, que é ex-delegado da Polícia Civil do DF e ex-secretário de Relações Institucionais do Governo do Distrito Federal, ficou conhecido por ter atuado como o delator que deu origem à Operação Caixa de Pandora — episódio também conhecido como Mensalão do DEM.

Ele gravou antigos aliados políticos em situações que revelaram um esquema de corrupção no mandato do ex-governador José Roberto Arruda (PL). Em um dos vídeos mais conhecidos, Arruda aparece recebendo de Durval um pacote de dinheiro em espécie.

Acompanhe Nossa Pagina no Facebook

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*