Bivar desiste de candidatura à Presidência da República

Acompanhe Ao vivo Baixe o Aplicativo click na Imagem

Acompanhe Ao vivo Baixe o Aplicativo click na Imagem

O deputado federal e presidente da União Brasil, Luciano Bivar (PE), desistiu de sua candidatura ao Palácio do Planalto e tentará a reeleição. Em troca, Bivar terá o apoio da federação formada por PT, PCdoB e PV para disputar Presidência da Câmara em 2023.

A informação é d’O Antagonista e se baseia no fato de que emissários de Lula iniciaram uma ofensiva na semana passada para tentar articular uma aliança entre o União Brasil e o PT. Tanto em âmbito nacional quanto em alguns estados.

Anúncios

O acerto ocorreu hoje pela manhã em um almoço que teve a presença de Luciano Bivar e do ex-líder do governo no Senado Fernando Bezerra Coelho e outros integrantes do MDB em Pernambuco. O ex-prefeito de Petrolina Miguel Coelho (União Brasil), filho de Fernando Bezerra, terá o apoio do PT no estado.

Anúncios

Com esse acerto, o PT também deve apoiar a candidatura de ACM Neto ao governo da Bahia. A pesquisa Datafolha divulgada ontem foi considerada decisiva para o desfecho da candidatura de Bivar. Com menos de 1% das intenções de voto, integrantes da União Brasil entenderam que a melhor decisão seria centrar fogo nas candidaturas ao governo e para a Câmara dos Deputados.

A desistência de Bivar não chega a ser uma surpresa. Desde agosto, este site já noticiava esse movimento. Apesar do partido ter agendado para 5 de agosto a convenção para confirmar a candidatura à Presidência, a União ainda não havia definido o staff de campanha, como advogados eleitorais ou integrantes do marketing de campanha.

O PT também faz uma investiga contra a candidatura de André Janones (Avante) e Simone Tebet (MDB). Assim, ao fritar a chamada “Terceira Via”, o partido pretende liquidar a fatura logo no primeiro turno.

Acompanhe Nossa Pagina no Facebook

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*