Segurança é assassinado na porta de padaria por bandido que havia sido liberado pela polícia no dia anterior

Acompanhe Ao vivo Baixe o Aplicativo click na Imagem

Acompanhe Ao vivo Baixe o Aplicativo click na Imagem

Um segurança foi executado, com tiros na cabeça e no tórax, na manhã de sexta-feira (22), em frente a panificadora Galícia, em Santos, no litoral de São Paulo. Após atirar, o criminoso pegou alguns objetos do segurança e fugiu. Câmeras de monitoramento flagraram toda a ação.

Segundo a Polícia Militar, o criminoso foi identificado como Samuel Tylor. Ele foi flagrado, nesta quinta-feira (21), um dia antes do crime, por porte ilegal de arma de fogo em São Vicente. Tylor estava acompanhado de um comparsa, que assumiu ser o dono do armamento. Por esse motivo, segundo a polícia, Samuel Tylor foi liberado.

A PM afirmou, também, que o suspeito fica sempre próximo à uma ‘biqueira’ [lugar onde vendem drogas], perto do local onde o segurança foi executado. Após o crime, nesta sexta-feira, Tylor ainda não foi encontrado.

Acompanhe no Facebook: Click na IMAGEM

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*