Repórter demitido por elogiar ação policial que culminou na morte de bandidos se prepara para ingressar na PM (veja o vídeo)

Acompanhe Ao vivo Baixe o Aplicativo click na Imagem

Acompanhe Ao vivo Baixe o Aplicativo click na Imagem

O repórter Dirceu Farias Rocha Júnior, mais conhecido como Júnior Rocha, foi demitido da empresa onde trabalhava, a TV Tarobá, afiliada da Band, em Foz do Iguaçu (PR), porque ele elogiou a conduta dos policiais que livraram uma família refém de criminosos e a ação culminou na morte dos bandidos.

Repórter demitido por elogiar ação policial que culminou na morte de bandidos se prepara para ingressar na PM (veja o vídeo)

Anúncios

O repórter Dirceu Farias Rocha Júnior, mais conhecido como Júnior Rocha, foi demitido da empresa onde trabalhava, a TV Tarobá, afiliada da Band, em Foz do Iguaçu (PR), porque ele elogiou a conduta dos policiais que livraram uma família refém de criminosos e a ação culminou na morte dos bandidos.

Anúncios

Recitando uma canção e fazendo versinhos, o rapaz anunciou que tudo havia acabado bem para a família:

– Essa notícia é tão maravilhosa que merece até uma música – iniciou o jornalista.

Em seguida, ele disse:

– Três bandidos foram assaltar uma residência aqui, na fronteira. O Choque e a Rotam chegaram e pá, pá, pá e os bandidos estão no inferno a queimar – debochou.

Foi demitido no mesmo dia. Mas, nas redes sociais, ele agradeceu às milhares de mensagens que recebeu. Entre os novos amigos, estão o jornalista Bernardo P Küster, Gustavo Gayer e o deputado federal Filipe Martins.

– Que o bem sempre triunfe sobre o mal. Viva a Polícia Militar! Obrigado a todos que enviaram mensagens, 99% são positivas. Isso mostra o quanto o brasileiro está farto da criminalidade. Não aguenta mais perder para ladrão – desabafou.

E acrescentou:

– Tem gente que não gostou muito. Talvez se eu estivesse do lado de bandido e falando mal da nossa polícia, violenta, truculenta e opressora, iriam curtir – emendou o rapaz que acaba de ser aprovado em concurso público para a polícia.

– Agora estou indo para um novo desafio. Fui aprovado no concurso público e irei para a Polícia Militar já no dia 1º do mês que vem. Lá, com certeza, irei servir melhor a nossa sociedade, um dos motivos que escolhi também o jornalismo, mas infelizmente caminhou para um lado não muito bom – finalizou.

 

Acompanhe Nossa Pagina no Facebook

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*