Brasileiros são presos na Argentina com mais de R$ 2,5 milhões em avião privado

Acompanhe Ao vivo Baixe o Aplicativo click na Imagem

Acompanhe Ao vivo Baixe o Aplicativo click na Imagem

Três brasileiros foram presos na Argentina em um avião privado com US$ 500 mil em espécie. Foram detidos dois pilotos de Itapema (SC) e um advogado de Balneário Camboriú (SC).

 

Segundo o jornal argentino Clarin, o dinheiro estava escondido no corpo de um dos tripulantes e embaixo dos bancos do avião. A aeronave é de uma empresa de Itapema, com sede no bairro Meia Praia. A prisão ocorreu em uma operação aduaneira da Argentina, em conjunto com a Polícia de Segurança Aeroportuária (PSA) do Aeroporto Internacional Cataratas del Iguazú, na província de Misiones. As informações são do Antagonista.

Anúncios

 

O Ministério das Relações Exteriores informou nesta sexta-feira (15) que acompanha o caso. Em nota, a pasta disse que “tem prestado a assistência cabível aos nacionais brasileiros, em conformidade com os tratados internacionais vigentes e com a legislação local”.

Anúncios

Acompanhe Nossa Pagina no Facebook

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*