Disputa entre vereadores: Juiz decide que ex-presidente da Câmara segue em cargo de prefeito interino de Ipanguaçu, no RN

AS MAIS ROMANTICAS E INESQUECIVEIS

Uma decisão proferida no fim da tarde de segunda-feira (9) pelo juiz Nilberto Cavalcanti de Souza Neto, da Justiça Estadual, manteve Jefferson Charles de Araújo Santos (PL) prefeito interino do município de Ipanguaçu, no Oeste potiguar.

A cidade do interior do Rio Grande do Norte vivia desde os primeiros dias do ano dias de disputa pelo Poder Executivo, com dois vereadores se declarando prefeitos interinos.

Anúncios

O juiz afirmou que sua decisão é válida até decisão em contrário do Tribunal Regional Eleitoral ou até que se realizem as eleições suplementares do município, marcadas para o dia 5 de março deste ano.

Anúncios

O prefeito eleito em 2020, Valdereto (PL), teve o mandato cassado junto com a vice, Mara Carmelita (PSB) em novembro do ano passado. Eles são acusados pela Justiça Eleitoral de captação ilícita de sulfrágio e abuso de poder político e econômico durante o pleito de 2020.

Com isso, no dia 17 de novembro do ano passado, o então presidente da Câmara de Vereadores de Ipanguaçu, Jefferson Santos (PL), conhecido como Gordo Filho, assumiu o cargo interinamente.

Neste ano, no entanto, foi eleito um novo presidente da Casa pelos parlamentares, Doel Soares (PL), anulando a eleição do presidente anterior.

Desde então, o impasse começou. Os dois se consideravam no direito de exercer a função de prefeito interino. Oficialmente e segundo o site oficial da cidade, Jefferson Gordo seguia no cargo. Ele acusa o rival Doel de uma tentativa de golpe. Doel, por sua vez, argumentava que Jefferson não possuía mais direito ao cargo.

Novas eleições

Em nota, a 54ª zona eleitoral informou que na Justiça Eleitoral não tramita no momento “nenhuma ação sobre o assunto” e disse que o caso é de competência da justiça comum estadual.

Para definir um novo prefeito, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) marcou uma eleição suplementar para o dia 5 de março.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*