Tutinha renuncia ao comando da JP; grupo deve divulgar nota

AS MAIS ROMANTICAS E INESQUECIVEIS

O empresário Antônio Augusto Amaral de Carvalho Filho, conhecido como Tutinha, renunciou ao cargo de presidente do Grupo JP nesta segunda (09).

Novo nome: O novo presidente será Roberto Araújo, CEO do grupo desde 2014. A informação foi confirmada a Splash pela direção de jornalismo da empresa. O grupo ainda não confirmou institucionalmente a saída, mas uma nota é esperada ainda hoje pelo mercado de mídia.

Apoio aos golpistas: Tutinha, 66, toma a decisão um dia depois de a JP News ser acusada nas redes sociais de fomentar o terrorismo bolsonarista, que atacou os prédios do Três Poderes, no DF, ontem.

Anúncios

Milhares de denúncias contra a rádio e seus comentaristas foram enviadas ao Ministério da Justiça e ao STF, durante a cobertura.

Disseminadores de fake news: Desde a estreia da emissora, seus comentaristas propagaram fake news, defenderam a não vacinação e desobediência a decisões do STF.

Anúncios

Ontem foram acusados de apoiar os terroristas.

Tutinha renunciou ao cargo, mas segue como maior acionista do grupo, ao lado da família.

A coluna está procurando o Grupo JP para que se manifeste a respeito da notícia. Se o fizer, este texto será atualizado.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*